MARIANA GONÇALVES 

 vivência sensorial 
web_nova_brejo6.jpg

vivência sensorial

A vivência sensorial é uma proposta de experiência imersiva com as obras de Mariana Gonçalves que estão em exposição no espaço do ateliê.

A sessão é direcionada pela artista para uma abordagem corporal com os trabalhos e a proposta é que o(a) participante se abra para tocar, mexer, sentar, deitar, observar e interagir com os trabalhos de forma livre, num espaço/tempo criado especialmente para este fim.
Nada é exigido, a sessão é livre e direcionada apenas para facilitar com que o(a) participante se sinta a vontade e se permita um contato mais profundo com as peças, um estado de presença que não seria possível no contexto social de uma exposição pública, com as restrições institucionais e o olhar externo das pessoas passando, conversando.
Essa experiência pretende ser um meio de possibilitar o acesso tátil as obras e potencializar o impacto sensório que o trabalho de Mariana Gonçalves pode ter em relação com o corpo, na presença e ativação cuidadosa. 
A troca e o diálogo sobre as sensações que a vivência suscita são muito bem vindos e por consequência alimentam muito o processo criativo da artista. 
A vivência pode ser feita individualmente ou em duplas, trios (com familiares ou amigues) e crianças de qualquer idade são bem vindas a participar. A artista guiará e estará presente durante toda a experiência.

  • Todas as obras são higienizadas com produtos desinfetantes a cada sessão como parte do protocolo de prevenção do COVID-19.

  • Como contrapartida pelo direcionamento da experiência e para a manutenção/limpeza das obras é cobrado o valor de R$60 a hora de vivência.

  • As sessões tem o mínimo de 1 hora, porém podem ser combinadas e agendadas com maior duração.

sobre o trabalho

"Partindo da organicidade do corpo e de desejos táteis específicos procuro viabilizar sensações nas formas.  
Elementos do que é íntimo, visceral, formas que se assemelham a órgãos e estruturas biológicas vegetais são recorrentes nos trabalhos. A escolha das texturas e cores sempre procura contemplar um desejo profundo por conforto e afetividade.
Meu maior interesse está em propor relações com as peças e assim possibilitar experiências sensórias que englobem o corpo do espectador,
tornando o trabalho mutável e, de certa maneira, vivo.
Algumas peças são confeccionadas como extensões simbólicas do meu próprio corpo, 

tornando possível experimentar os limites entre o eu e o outro."

Mariana Gonçalves